Slider

VIAGENS DE MOTO PELO MUNDO

0
PAÍSES
0
CIDADES
0
QUILÔMETROS

Túnel do Tempo

CONVERSAS DE GARAGEM

DOCUMENTAÇÃO
MAPAS
SEGURANÇA
BAGAGENS
PNEUS
TRANSMISSÃO
BATERIA
MOTOR
SUSPENSÃO
FREIOS
FILTROS
LIMPEZA

Dicas de uma Garupa

O que é ser garupa? Ou melhor, co pilota, kkkkk, porque a garupa é que lê as placas que o piloto não consegue ler, a garupa que distrai o motorista, conversa com ele, pergunta se ele está com sono (isso acontece! se bem que no meu caso o sono é da garupa! Não do motorista!), dá uma balinha para ele (se passar no capacete porque as vezes é muito apertadinho), cumprimenta a galera na estrada, enfim, dá para ficar ocupada o tempo todo. Vantagens de ser garupa: Você é a fotógrafa! O condutor não pode tirar fotos! Só o garupa! O segredo é ir tirando foto e depois você vê se como ficou. Coloca a máquina no pescoço e vai tirando! Não de celular porque se cair dançou (hoje em dia tem que falar isso, ninguém mais sabe que existe máquina fotográfica antichoque e a prova d’água!). Você tira a máquina do bolso e as pessoas ficam te olhando com cara de ET! (Para quem não sabe, ET é um filme da década de 1970, kkk). Dica: As fotos do céu ficam maravilhosas! Acho que este é o maior prazer de ser garupa, além de sentir o ventinho e fazer parte da paisagem.

Dicas 1: Cuidado para não dormir. É tudo tão tranquilo que dá sono! Não sou só eu que digo isso não! Já ouvi história de condutor amarrar a garupa com cinto para ela não cair. O barulhinho do motor dá sono mesmo! Precisa se preparar para ser garupa: dormir bem na noite anterior, tomar uma xícara enorme de café (para mim dá certo) e levar umas balinhas e/ou chicletinhos estratégicos. Mas não ache que isso tudo vai resolver, de repente vem um sono tão profundo que vce não sabe de onde vem, aí tem que pedir para parar, fazer um alongamento, molhar o rosto, a nuca e, seja o que Deus quiser. Mas vou te acalmar: às vezes o sono vem e não tem jeito, seu corpo começa a cair e de repente vce acorda com maior susto! Este susto te desperta! Notícia boa: Já ouvi varias histórias de gente que dorme na moto mas nunca ouvi histórias de alguém que caiu porque estava dormindo.

Dica 2: Se você garupa tem cabelo comprido faz uma trança e leva elástico sobressalente (porque eles somem, vão todos para buraco negro com as piranhas!)mas não leva um montão porque se não vce relaxa e perde todos, mantenha controle dos seus elásticos! Se você esquecer de prender o cabelo, fica um nó só é aí a quantidade de condicionador que vce levou não será suficiente já que um pote gg não cabe nos baús! Só dá para levar micro pote! Se faltar compra no caminho! Minha dica é fazer escova/progressiva antes de viajar de moto. A cabeleireira vai te achar biruta, fazer escova para estragar no capacete? Não é birutice não! Vou explicar: A gente tem que usar aquela roupa de moto que já não é muito feminina, fica fedida de vez em quando, etc. mas é salva pelo cabelo! Quando tira o capacete e o seu cabelo está jeitoso é uma sensação muito boa. Você se sente dentro da propaganda da seda! Adoro esta sensação! Até o cheirinho esquisito vai embora! Kkk

Dica 3: desencanar! Porque não dá para ter frescura em cima da moto! Se quiser fazer passeios longos e se divertir tire um pouquinho da vaidade! No calor é mais difícil por causa do suor.
Dica 4: não vai de brinco porque eles podem te machucar, no capacete não cabe brinco! Só forçando!
Dica 5: não esquece de levar hidratante para passar no rosto à noite e protetor solar. No frio o rosto queima também, mais do que no calor. Protetor labial super importante também é bom porque dá uma ressecada forte.
Dica 6: bebe bastante água porque a gente desidrata.
Dica 7: baú traseiro para apoiar! Muda muito! Fica parecendo que você está em um sofazinho.
Dica 8: esta dica veio do piloto para o garupa, quando estiver chegando em uma curva, não fica olhando para a curva, o segredo é olhar lá para frente, depois da curva! aí você vai ajudar o piloto a fazer a curva! Porque a moto vai para onde os olhos vão!

QUEM SOMOS

A Moto Andarilha nasceu com a intenção de informar motociclistas que realizam viagens de moto pelo mundo, baseada em nossas experiências adquiridas por mais de 10 anos em planejamento de longas viagens. Apaixonados por moto turismo, em 2001 começamos a viajar de moto pelo Brasil, visitando vários estados. Em 2013 demos início a primeira viagem para fora do país, hoje são mais de 50.000 km percorridos pela América do Sul e Europa, explorando regiões remotas do planeta, registrando neste website todos os dias de nossas aventuras. Iniciamos o projeto de uma viagem com um ano de antecedência, escolhendo o local e melhor época do ano, os melhores trajetos, as cidades e hotéis mais agradáveis para visitar, detalhes que transformam uma difícil viagem em uma grande aventura.

Fernanda

É a fotógrafa e a responsável pelos textos de viagem. Sua especialidade é fazer fotos em movimento. Preocupada em levar aos leitores as sensações vividas em cima de uma moto, tenta descrevê-las através das fotos e dos textos. A primeira vez que andou de moto foi na CB 400 do pai quando criança, lembra da sensação como se fosse hoje. Adora a sensação do vento, da liberdade, segundo ela andar de moto é como voar sem ter asas!

Luís

A primeira vez que andou de moto foi aos 12 anos de idade, ali surgiu a paixão que o levou a rodar milhares de quilômetros por vários países, enfrentando todos os tipos de estradas. Amante da mecânica, desmonta e monta motos por completo, habilidade que o faz capaz de resolver inúmeros problemas. É responsável por toda logística das viagens, estuda o clima, planeja rotas, cuida dos equipamentos e reserva os hotéis, missão complexa para 30 dias na estrada, muitas vezes em regiões remotas sem infraestrutura alguma.

Parceiros de viagem

Cris e Giba - Viajamos juntos em 2014 para o Uruguai, 2015 para Ouro Preto, Tiradentes, Peru, Chile e Argentina, 2016 para Serra da Canastra e Ushuaia.

Lele e Rafa - Viajamos juntos em 2015 para o Peru, Chile e Argentina.

Fechar Menu